Implantado em setembro de 2007, o MEL foi pioneiro da pesquisa em Literatura da Universidade de Pernambuco - Campus Mata Norte. Criado pela Profª. Drª Avanilda Torres da Silva, docente da Universidade de Pernambuco, e abraçado por uma comunidade discente entusiasta, este empreendimento fez um trabalho contínuo e motivante de ensino, pesquisa e extensão.

MEL sempre MEL!

terça-feira

PROGRAMAÇÃO: Dia em homenagem à poesia.

Evento "Música e poesia: O sentimento de Raimundo Correia e Antônio Maria"
Organização: MEL e Departamento de Letras da FFPNM.

Sala de Vídeo-conferência.
(TARDE – 15h às 17h e 30 min).

Abertura das Comemorações:
Coordenação de Letras – Profª. Drª. Maria do Rosário Barbosa.

Abertura temática:
Movimento de Experiências Literárias – MEL.

Mesa Redonda: Convergências entre música e literatura.
Componentes: Thiago Azevedo (Concluinte Letras) e Diego Albuquerque (Graduado Letras) -
TDA Litterae/Pesquisadores MEL (2009/2010 - CNPq/FACEPE/PIBIC). 
Prof. Ms.Carlos Alberto Barreto (UPE)
e Profª Drª. Cristina Botelho (UPE).

Música e Canto: Marcos Vinícius, Ana Lídia Queiroz e Ingrid Fernanda.(Graduação Letras).


    Coordenação Geral: Profª Drª. Avanilda Torres. 
__________________________________________________________________________

Sala de Vídeo-conferência.
(NOITE  – 19h.as 21h e30 min).

Abertura: Coordenadora de Letras Profª. Drª. Maria do Rosário Barbosa.

Abertura Temática – Alunos de Letras.

                    Mesa Redonda: Música e metro: O tempo poético.               
Componentes: Thiago Figueredo ( Mestrando UFPE),
Prof. Ms. Jacinto dos Santos (UPE),
Prof.Dr. Marcos Morais (UPE)
e Prof. Dr. Alexandre Furtado (UPE).

Apresentações Especiais:
Grupo de Pesquisa Expressões Literárias da Mata Norte
(Coordenação prof. Ms. Olivá Apolinário).

Grupo de Pesquisa Textualidade Literária e Artística – a  Intersemiose.
(Coordenação prof. Ms. Jacinto Santos).

Música e Canto: Marcos Vinícius, Ingrid Fernanda e Roseli Dias (Graduandos de Letras),
Prof. Ms. Jair Santana ( UPE – História).

Coordenação Geral: Profª Drª. Cristina Botelho.

Em celebração ao dia da poesia: Raimundo Correia e Antônio Maria.



           Longe de comunicar uma informação didática ou doutrinária, a poesia está sempre revelando uma percepção subjetiva da realidade. E como a matéria prima do poeta é em primeiro lugar o sentimento, ele procura arranjar as palavras no poema do modo como o seu sentimento exige, a fim de transmitir toda a sua experiência.  Depurando suas emoções frente às coisas, o poeta abraça o símbolo no seu instante mais vivo – o instante criador.
            A poesia em quase todas as suas variantes  de estilo, reincide sobre um objetivo semelhante, ou seja, debruçar-se sobre o real, aumentar o conhecimento e a vivência do mundo através das palavras. Mas mesmo no Parnasianismo, quando a estética da “arte pela arte” era intencionalmente buscada, o sentimento se insinuava em entrelinhas poéticas. É o caso de Raimundo Correia que, juntamente com Olavo Bilac e Alberto de Oliveira , formou a ” Tríade parnasiana”.
 Não se pode esquecer que, tradicionalmente, o poema é chamado de “ canto”, e para se inspirar , Homero, o mais antigo poeta, começa a sua  Odisséia procurando ouvir a canto das musas. Nas estéticas romântica e simbolista a concepção de que a poesia é uma arte dos sons se mantém. Apesar de certas polêmicas, poesia e música atravessam  o tempo em uma múltipla e harmoniosa relação. A literatura, mais do que nunca, busca espaço em outras artes, e procura, a exemplo da música popular brasileira, se constituir através de linguagens que se intercruzam para alcançar questões essenciais da vida ou da morte.
 As canções criadas pelo pernambucano Antônio Maria dão prova do comprometimento poético tanto no trato com a linguagem quanto no sentimento que as tornam sempre vivas e emocionantes.A Canção Popular torna-se, portanto,  nas mãos do criador habilidoso, um novo e rápido veículo que a poesia vai buscar para chegar ao leitor.

Texto: Profª.Drª.Avanilda Torres.


Não perca mais este evento do MEL - Dia 31 de março, na FFPNM.
Inscrições abertas na secretária, no valor de R$. 2,00 reais.